Alagamentos e desabamentos: chuvas causam estragos em Salvador; vídeos | A TARDE
Atarde > Bahia > Salvador

Alagamentos e desabamentos: chuvas causam estragos em Salvador; vídeos

Chove forte em Salvador desde domingo. Só no IAPI, o acumulado das últimas 24h é de 188 mm de chuva.

Publicado segunda-feira, 08 de abril de 2024 às 15:40 h | Autor: Da Redação
Foram registrados alagamentos de ruas, desabamentos de paredes e árvores, entre outros transtornos.
Foram registrados alagamentos de ruas, desabamentos de paredes e árvores, entre outros transtornos. -

O temporal que castiga Salvador desde o domingo, 07, e que segue ainda mais forte nesta segunda-feira, 08, causou estragos em diversos pontos da cidade. Foram registrados alagamentos de ruas, desabamentos de paredes e árvores, entre outros transtornos.

Segundo Dados da Codesal, só no bairro do IAPI, o acumulado das últimas 24h é de 188 mm de chuva.

Em Nova Brasília, foram 169 mm, e 167,8 mm em Pernambués; assista vídeos abaixo:

Vila Canária


Um vídeo mostra um enorme muro que desabou e atingiu um carro preto. O veículo ficou bastante danificado. As imagens mostram um homem saindo do carro, no entanto não há informações sobre feridos.

Fazenda Grande IV


Uma árvore desabou na pista, na região de Fazenda Grande IV, para quem vai para a Av. 29 de Março. A árvore ocupa metade da pista, e trânsito ficou lento no local.

Av. Centenário


Um enorme alagamento também foi registrado em trecho da Av. Centenário, no início do acesso à Rua dos Reis Católicos, que liga a Centenário à Av. Reitor Miguel Calmon. O tráfego de veículo sentido Dique do Tororó ficou bastante engarrafado no local.  

Calçada


O bairro da Calçada também teve pontos de alagamento. Em uma rua do bairro, crianças foram flagradas brincando com prancha de surfe no alagamento.

São Marcos

Trânsito ficou completamente interrompido no local
Trânsito ficou completamente interrompido no local |  Foto: Foto: Reprodução/Redes Sociais

Outro desabamento de árvore foi registrado na saída do bairro de São Marcos, sentindo Hospital São Rafael, próximo à rotatória que fica no início da Via Regional. O trânsito ficou completamente interrompido no local

Trobogy


No bairro do Trobogy, pontos de alagamento dificultam o tráfego de veículos. Um vídeo feito de dentro de um ônibus mostra o trecho de uma via completamente tomada pela água

Túnel na Av. Pinto de Aguiar


O temporal que cai em Salvador alagou o túnel que liga a Av. Pinto de Aguiar com a Av. Gal Costa. Os motoristas pararam os veículos na entrada do túnel, sem conseguir passar pelo túnel.

Condomínio Vila dos Flamboyant’s


Na via que passa pelo Condomínio Vila dos Flamboyant’s, ao lado da Unijorge, na região da Av. Paralela, a água da chuva se misturou com terra, e um enorme lamaçal ocupou a pista. O trânsito de veículos ficou bastante prejudicado no local.

Av. San Martin


O trecho da Av. San Martin, no bairro de Fazenda Grande do Retiro, onde há vários estabelecimentos que atuam no comércio de pisos, ficou completamente alagado. A altura da água quase cobre os pneus dos ônibus, que trafegam lentamente pela região.

Av. Paralela


Muitos pontos de alagamento foram registrados na Avenida Paralela. Os veículos trafegam lentamente na região.

Av. Vasco da Gama


Pontos de alagamentos também na Av. Vasco da Gama, sentido bairro do Rio Vermelho. Apesar dos veículos transitarem lentamente, não foram registrados engarrafamentos no local.

Piatã


Trecho da Rua Deputado Paulo Jackson, no bairro de Piatã, na altura da Fundação Lar Harmonia, ficou bastante alagado. O vídeo mostra carros atolados na via, com a água quase cobrindo as rodas.

Rótula do Abacaxi


As fortes chuvas também causaram pontos de alagamentos na região da Rótula do Abacaxi, onde há grande movimento de veículos.

Temporal em Salvador

Em apenas uma semana, o acumulado de chuvas em Salvador já ultrapassa a média prevista para todo o mês de abril, segundo informações da Defesa Civil (Codesal). Na noite de domingo, 7, foi emitido alerta máximo por conta do acumulado de chuvas de 150 milímetros nas últimas 72 horas.

No acumulado de abril, os bairros com maiores índices de chuva foram Liberdade/Vila Sabiá (308 mm), Calçada (306 mm), Pituba/Parque da Cidade (293,6 mm), Bom Juá (291,6mm), Cidade Baixa/Monte Serrat (284,6 mm) e Capelinha/Vila Picasso (284,4 mm).

A Codesal registrou mais de 200 ocorrências durante a manhã desta segunda-feira, 08. De acordo com o órgão, o bairro da Liberdade foi a localidade com o maior número de registros, com 65.

No bairro dos Barris, duas pessoas ficaram feridas após um deslizamento de terra na madrugada desta segunda-feira. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a garagem do edifício com 4 pavimentos desabou e três carros foram engolidos pela cratera. Um morador que tentava retirar o veículo também terminou caindo no buraco. Os moradores do edifício tiveram que deixar os apartamentos e o prédio foi completamente interditado. A sede da Superintendência de Trânsito de Salvador também foi isolado.

Posteriormente, o engenheiro da Codesal, José Carlos Palmas, explicou que foi feita a avaliação pelos órgãos competentes e que não houve nenhum dano estrutural mais grave. Assim, foi permitida a entrada de três pessoas por apartamento para retirar documentos e itens pessoais.

"Os próximos passos são o estudo de sondagem nas fundações para verificar o nível de profundidade, e drenagem para evitar que água desça (isso hoje). Só depois da drenagem vão retirar os carros", explicou Palmas.

Também por conta das chuvas, muitos serviços na capital baiana não funcionam nesta segunda-feira. Entre os serviços interrompidos, estão as travessias até Mar Grande, na Ilha de Itaparica, e até Morro de São Paulo. Também foi interrompida a operação do Plano Inclinado Gonçalves. Os demais ascensores e a Travessia Ribeira-Plataforma operam normalmente. As informações são da Secretaria de Mobilidade (Semob).

A Codesal anunciou às 7h40 desta manhã que a sirene de emergência do bairro do Calabetão havia sido acionada. O pedido do órgão é de que moradores deixem suas casas e se dirijam para um local seguro. Logo em seguida, por volta das 8h20, a Defesa Civil anunciou acionamento das sirenes nos bairros Capelinha de São Caetano (Vila Picasso), Bom Juá, Cajazeiras VIII (Mangabeira) e Lobato (Voluntários da Pátria). Após o acionamento das sirenes, muitos moradores tiveram que deixar suas casas.

Cerca de oito escolas municipais de Salvador estão sendo utilizadas como abrigos temporários para famílias que precisaram e precisarão deixar suas casas devidos aos riscos causados pelas fortes chuvas que caem na capital baiana.

Um deslizamento de terra foi registrado, na manhã desta segunda-feira, na Av. Gal Costa, sentido Estação Pirajá, em Salvador. Imagens enviadas ao Portal A TARDE mostram que o desabamento deixou grande quantidade de terra espalhada na pista e provocou a queda de um poste.

Em nota, a Codesal informou que o "Muro da Bahia Indústrias Reunidas cedeu devido a deslizamento de terra na Gal Costa". A Sedur também foi acionada para avaliação e demolição das partes remanescentes. Ainda de acordo com as informações, a Limpurb fará posteriormente limpeza da área.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS